Paixão Arde, Desejo Trai

Mostra de Poemas Comentados de Ibernise

Textos


Curvas e Arcos na Íris

O comportamento das curvas espiraladas
É puro lirismo.
 
A espiral logarítmica é uma forma delicada,
Evolutiva e revolucionária
Que está em quase tudo que vemos e sentimos,
Está nos ventos,
Nas flores,
No nosso corpo,
Nos furacões,
Nas constelações,
No próprio universo...
É pura ciência emocional.

É a beleza da intimidade
Matemática da curva
Em suas coordenadas polares,
Um padrão cartesiano,
Sutil, poético na imagem e no ser.
Padrão comum que carece de ser notado.

Assim como se nota as curvas num corpo de mulher,
Assim se consagra a beleza matemática da curva,
Falando-se numa linguagem
A substituir graus por radianos
Para deixar-se renascer nas coordenadas polares.

A espiral logarítmica
Registra as belezas da curva
Na natureza e girando
E assim faz a sua dança
E dá o seu humano recado
Ensinando a suprema lição:
‘_Eu voltarei igual porém mudada.’

Ibernise
Barcelos (Portugal), 01NOV2010.
Núcleo Temático Educativo.
Ibernise
Enviado por Ibernise em 01/11/2010
Alterado em 16/06/2012

Música: Roberta Flack angelitos negros - internacionis mi

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras