Paixão Arde, Desejo Trai

Mostra de Poemas Comentados de Ibernise

Textos


NOVO BORDADO...


Descosturo os meus próprios sonhos,
Desfaço bordados de letras e rococós...
Refaço traços no mapa, que eram nós,
Atiro-me ao chão e as armas deponho...

Subo as escadas num sentir estranho,
Desço corrimãos nas réstias de sóis,
Tantos, e me jogo em delta ou foz,
Dentro de ilhas e represas me ponho...

Até que o rio, num repente virou mar
E justo quando me viste em redemoinho
Não me deixaste só, ficar... Meu carinho.
E a ti me entreguei nesta amência de amar

Me olhaste nos olhos num olhar diamante
E, assim, me fizeste tua mais que antes...


Ibernise
Indiara, (Goiás,Brasil), 17.10.2009.
Poema inédito nesta data.
Núcleo Temático Romântico.
Direitos autorais reservados/Lei n. 9.610 de 19.02.1998.






Ibernise
Enviado por Ibernise em 17/10/2009
Alterado em 17/10/2009

Música: Frevo Mulher - Zé Ramalho

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras